Início Destaque Estados discutem retorno às aulas em colégios particulares

Estados discutem retorno às aulas em colégios particulares

0

Após o Amazonas sair na frente com a autorização para a reabertura das escolas, nove estados e o Distrito Federal apresentaram propostas de data para retornar às atividades presenciais.

Foto: Pedro Ribas/ ANPr

Escolas das regiões do Acre, Pará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, acreditam estarem melhor equipadas, de maneira geral, que as escolas públicas, e defendem que estão prontas para uma retomada com segurança.

“Na parte operacional já está tudo certo, temos protocolo, a gente já sabe o que fazer. Agora é uma questão política, porque, tecnicamente, já têm as condições sanitárias em muitos locais para voltar. Tem a necessidade das escolas funcionarem para não quebrarem, necessidade dos pais e das crianças. Também, para não prejudicar as crianças do ponto de vista pedagógico. Tem todas essas questões. Agora, a decisão é política”, diz o presidente da Fenep, Ademar Batista Pereira.

Em contrapartida, professores e funcionários alegam não se sentem seguros com o retorno e dizem que a permanência nas salas de aula e uma maior circulação de pessoas nas cidades podem aumentar os casos de infecção por coronavírus.

“Neste momento, não existe protocolo seguro, não existe. Os órgãos de saúde estão dizendo que é perigoso, que não tem condição, nem com afastamento. Ainda mais criança. Não tem condição de garantir um protocolo completamente seguro”, diz a coordenadora geral da Contee, Madalena Peixoto.

No Rio de Janeiro, na capital, a prefeitura autorizou o retorno facultativo para algumas séries este mês. As demais unidades da federação estão sem data definida.

A questão foi levada para o Ministério Público e para a Justiça em algumas unidades da federação.

Na Bahia, o secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues, afirmou que a pasta já deu início à preparação das instituições de ensino, com os materiais de higienização necessários neste período de pandemia, mas ainda não há uma data definida para o retorno das aulas.

“Nós estamos preparando as escolas. Nessa primeira semana de agosto elas estão com os protocolos todos preparados. Álcool em gel, pias, lavabos, ventiladores para melhorar a aeração das salas, essa é uma expectativa nossa. Da parte de infraestrutura, os protocolos prontos”.

Print Friendly, PDF & Email
Entre em contato pelo WhatsApp Bahia Política