Início Destaque Twitter nega “avaliar ideologia” após apagar posts de Bolsonaro

Twitter nega “avaliar ideologia” após apagar posts de Bolsonaro

0

A rede social Twitter negou ter avaliado o caráter ideológico das publicações do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), que teve tweets apagados pela empresa durante a pandemia de coronavírus. A polêmica sobre a suposta censura foi esclarecida pelo diretor de políticas públicas da rede social no Brasil, Fernando Gallo. Em entrevista ao portal Tilt, afiliado do UOL, ele declarou que não há uma avaliação política e ideológica em usuários.

Foto: Isac Nóbrega/PR

No caso dos chefes de estado, além de Bolsonaro tiveram posts apagados o venezuelano Nicolás Maduro e o líder do Irã, o aiatolá Ali Khamenei. Segundo Gallo, pregar contra o isolamento social —uma das principais orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS)— e defender o uso de medicamentos com eficácia não validada pela ciência são condutas que podem levar a sanções no Twitter, de acordo com suas novas regras.

“Avaliamos todas as denúncias que recebemos e aplicamos as nossas regras de maneira irrestrita e imparcial. Nosso trabalho é analisar todas as denúncias que chegam e confrontá-las com as nossas regras. Nos casos em que não há violação, os conteúdos permanecem disponíveis. Nos outros, a gente aplica as medidas corretivas cabíveis”, afirmou o diretor.

Programa Bahia Política
Programa de rádio Bahia Política

Um dos tweets de Bolsonaro que foram removidos apresentava o presidente passeando por aglomerações em comércios do Distrito Federal, contrariando a recomendação médica vigente para que a população fique em casa. Bolsonaro também apareceu nos vídeos defendendo que a população “volte ao trabalho” e propagandeando uma suposta eficácia da cloroquina no tratamento da Covid-19, apesar de ainda faltarem estudos amplos que atestem isso.

“O nosso trabalho é receber as denúncias em relação às políticas de Covid-19 ou quaisquer outras regras do Twitter. E fazer um confrontamento com as nossas regras. Os conteúdos vão ser moderados em função disso, se estão violando as regras ou não. É assim que a gente olha para os conteúdos que são denunciados, independente de qual usuário se trate”, acrescentou.

Fale com a nossa redação pelo WhatsApp.
Print Friendly, PDF & Email