Início Política Frente fortalecerá setor espacial brasileiro, dizem autoridades

Frente fortalecerá setor espacial brasileiro, dizem autoridades

0
Foto: Reprodução (Notícias infoco)

Frente Parlamentar Mista para o Programa Espacial Brasileiro foi lançada nesta quarta-feira (19), na Câmara dos Deputados, para fortalecer e defender os interesses do setor espacial nacional. Coordenador do grupo, o deputado Daniel Freitas (PSL-SC) destacou a importância da tecnologia espacial, presente no dia a dia de cada brasileiro.

“O tema acaba envolvendo tudo o que o brasileiro precisa. Desde a agricultura até os smartphones que cada um tem. Desde a maquininha de cartão de crédito com que o ambulante vende seus produtos, tudo passa por uma ligação espacial, por satélites. Nós vamos aproximar a indústria brasileira desse universo tão importante”, defendeu Freitas.

O presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Moura, reforçou que nada funciona sem satélites atualmente. “Vamos continuar sendo compradores ou vamos dar vazão à nossa tecnologia?”, provocou.

Moura lembrou que o Brasil trabalha ainda para ter o segmento do lançamento de satélites, além do de aplicação de serviços. O governo tem a pretensão de transformar a base de Alcântara (MA) em um espaço de classe mundial. “Nós pretendemos, a partir do ano que vem, lançar satélites em bases comerciais a partir de Alcântara”, declarou.

Segundo Daniel Freitas, uma comitiva de parlamentares deverá visitar Alcântara para conhecer e discutir melhor o assunto.

Bahia Link
Publicidade

Recursos
Presente no lançamento, o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Julio Semeghini, destacou a importância da frente na liberação de recursos orçamentários para o Programa Espacial Brasileiro. “O ministério está trabalhando com outras pastas e precisa muito dessa frente para implantar o programa”, afirmou.

Entre outras autoridades e parlamentares, também participaram do lançamento da frente parlamentar o deputado Hildo Rocha (MDB-MA), como 1º secretário do grupo; e o vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto.

O grupo conta com o apoio de 180 deputados e 25 senadores.

Print Friendly, PDF & Email