Início Destaque Camaçari – Escola do Parque Verde realiza feira orgânica

Camaçari – Escola do Parque Verde realiza feira orgânica

0
Foto: Tiago Pacheco/ Ascom

Uma manhã de integração, aprendizado e muita animação. Assim foi nesta quinta-feira (23/1), na Escola Municipal Parque Verde, com a realização da I Feira Orgânica e Mostra Fotográfica. A iniciativa é a culminância do projeto Horta na Escola, desenvolvido durante todo o ano letivo na unidade, que ainda contou com show de talentos, mostra de selfies e participação de agricultores familiares.

A idealizadora do projeto foi a professora de Ciências, Milena Medrado, que falou sobre a feira. “A gente tem realizado várias atividades do projeto e pensamos em montar a feira para aproximar a agricultura familiar da escola. A ideia foi realizar no final do ano letivo, para misturar tudo, com arte, música”.

O grupo de alunos realizou visita no Rancho Alegre, em Arembepe, que tem agricultores que fornecem os produtos orgânicos para a merenda escolar, para ver como era a horta e aproveitar algumas ideias. Com isso, alguns foram convidados a participar da feira, que foi o caso de Francisco Dantas de Araújo, 72 anos. “Vim mostrar para eles (alunos) e para os pais de onde vem a merenda que eles comem no colégio”.

A Mostra Fotográfica apresentou a linha do tempo da criação da horta, desde quando era só terreno, implantação, as primeiras aulas, plantios, colheita, o Dia da Família, que todos plantaram juntos, e todas as etapas.

Ainda foi realizada na feira a Mostra de Selfies, organizada pelo professor de filosofia Dejalma Ferreira. “Entrei para colaborar com o projeto. Pegando um pouco da ideia da questão da vida, pegando a árvore e a partir daí fiz um trabalho em que eles pudessem se perceber. Por isso, vem as selfies, que começa primeiro com o autoconhecimento e em seguida com a produção de um material que mostrasse essa valorização deles e também a própria vida, de maneira geral”.

O aluno do 6º ano, Gustavo Lima de Jesus Lopes, 12 anos, falou sobre a experiência de participar do projeto. “Para mim foi ótimo, porque além de desenvolver culinárias, plantamos várias coisas, estávamos aqui ajudando”. Ele ainda completou com o que aprendeu na disciplina de filosofia. “Foi uma coisa boa, porque essas coisas de deixar as pessoas cabisbaixas não valem nada. Eu acho que tem muita gente que faz bullying e eu acho que isso deve acabar no nosso mundo, que é um mundo próspero, não é para procurar discussão um com o outro”.

A gestora da Escola Municipal Parque Verde, Ivana Lima, falou sobre os ganhos que um projeto como este traz para os alunos. “Sem dúvida, a autoestima. A gente vê os meninos se vendo como parte do projeto e colocando a mão e vendo que estão ali desde o início e que foram eles também que criaram, juntos com os professores”.

O projeto Horta na Escola é desenvolvido com 53 estudantes do 6º ano, mas a Feira envolveu toda a escola na atividade. Durante o ano letivo, a iniciativa começou com a disciplina de ciências, mas ganhou reforço com as de história e filosofia, envolvendo também estudantes de outras turmas, com autorização do responsável, já que acontece no contraturno escolar.

A iniciativa é realizada em parceria do programa municipal Mais e Melhor Educação, da Secretaria de Educação (Seduc), através do Plano de Apoio Pedagógico (PAP), e do projeto de Mestrado Profissional em Rede para o Ensino das Ciências Ambientais (PROFCIAMB) da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), que faz parte a professora Milena Medrado, idealizadora da ação.

Print Friendly, PDF & Email