Início Gerais Camaçari – Prefeitura realiza Avaliação Coletiva dos Artesãos da cidade

Camaçari – Prefeitura realiza Avaliação Coletiva dos Artesãos da cidade

0
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Camaçari, através da Sedec, e da pasta de Economia Solidária, promove no município a Avaliação coletiva dos Artesãos da Cidade, na finalidade dos mesmos poderem obter sua Identidade profissional. Esta identidade é reconhecida Nacionalmente pelo PAB – Programa de Artesanato Brasileiro.

O artesão, em posse desta carteira, garante o direito a parcerias com bancos para empréstimos, a possibilidade de participação de feiras nacionais, descontos em lojas conveniadas, além de fortalecer a classe profissional.

A avaliação coletiva acontece nos dias 09 e 10 de outubro, no auditório da Casa do Trabalho. O horário de atendimento será das 8h30 às 16h.

Foto: Divulgação

Artesãos interessados, que não se inscreveram e/ou não passaram por treinamentos oferecidos pela prefeitura, ainda tem a chance de ser avaliados. O contato deve ser feito através do número (71) 98644-6206 e falar pelo WhatsApp, diretamente com a coordenadora da Economia Solidária do Município de Camaçari, Sineide Lopes.

Foto: Divulgação

Visto ser um projeto forte para o setor, o Secretário Waldy Freitas apoiou o projeto da coordenadora, por entender que os artesãos da cidade precisavam ser valorizados e terem seus espaços garantidos.

Sineide diz que está emocionada com a possibilidade de construir junto aos artesãos, projetos que os tire do anonimato, como por exemplo, feiras em datas comemorativas, fomentar o artesanato no Projeto da SEGOV – chamado Feira do Pôr do Sol, que acontece em toda Costa da Cidade, durante o verão. Nesta situação, em várias exposições e com o Projeto Mãos que Criam – onde os artesãos da Cidade, apresentam em desfiles de moda artesã tudo que fazem na moda com o Artesanato. Tudo isso tem acontecido ao longo dos últimos anos na gestão do Prefeito Elinaldo Araújo.

“Vejo que agora podemos avançar no que concerne a leis, decretos e garantias tanto dos artesãos, quanto de todos ligados a pasta da Economia Solidária, agradeço a Gestão por essa possibilidade e claro parabenizo cada artesão que faz acontecer a história de nossa cidade através de suas mãos”, disse a coordenadora.

Print Friendly, PDF & Email