Início Destaque Startup que financia celular chega ao país até o fim do ano

Startup que financia celular chega ao país até o fim do ano

0

Até o final do ano vai ficar mais conseguir financiamento comprar um celular. Isso porque o gerente-geral da startup estadunidense PayJoy na América Latina, Mauricio Cordero, anunciou que a empresa vai começar a operar no Brasil ainda este ano.

Fundada há quatro anos no Vale do Silício, por Doug Ricket, um ex-funcionário do Google Maps, a PayJoy já atua em países como México, Índia e Indonésia. Nesses locais, onde o comércio não funciona com o sistema de parcelamento, a empresa ajuda consumidores de baixa renda a obter crédito para financiar um smartphone – o preço médio de um aparelho comprado pelos usuários da startup costuma girar em torno de US$ 200, cerca de R$ 800.

O diferencial desse tipo de operação é que todo celular comprado com auxílio da startup, tem o aplicativo da empresa que, caso o consumidor não pague a parcela daquele mês, o uso dos outros aplicativos no smartphone fica bloqueado até a dívida ser resolvida – a única funcionalidade disponível é a de ligações de emergência.

Além disso, a empresa atua com uma segunda modalidade de serviços: depois que o smartphone é quitado, ele pode servir como garantia para pequenos empréstimos. Para isso, basta o usuário instalar o app da PayJoy, que avaliará o aparelho e suas condições.

Segundo Cordero, hoje a empresa transaciona mais de 25 mil celulares por mês no México, em volumes de capital que giram em torno dos US$ 2,5 milhões, cerca de quase R$ 10 milhões. Na visão do executivo, os valores no Brasil podem ser “bem maiores”, pelo tamanho do mercado local.

Print Friendly, PDF & Email