Início Alberval Figueiredo Alberval Figueiredo escreve: Rilza Valentim irá depor na CPI da Câmara

Alberval Figueiredo escreve: Rilza Valentim irá depor na CPI da Câmara

0

Informações extra-oficiais dão conta de que “bateu desespero” no gabinete da prefeita de S. Francisco do Conde, Rilza Valetim (PT), depois que a Câmara Municipal aprovou a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar “irregularidades” na construção da nova sede da Câmara. A instalação da CPI se baseou  em denúncias consistentes feitas pelo radialista Jutan Araújo na última segunda-feira (10), durante a apresentação do programa Ligação Direta da Nova Salvador FM, o qual ele apresenta de segunda à sexta das 7h às 8h da manhã e que tem como âncora o radialista e deputado federal Marcos Medrado (PDT).

Quando se faz  rádio-jornalismo  de mãos limpas e “sem meias verdades”, este é o resultado. Só a comunidade ganha. As mesmas informações dizem que de “incompetentes e traiçoeiros” teriam sido chamados os vereadores que embora tenham  votado  contra a CPI, não foram capazes de mobilizar a suposta bancada de apoio à prefeita Rilza Valentim (PT)  para que a Comissão fosse arquivada. O ódio maior  da prefeita está concentrado no presidente da Câmara, vereador Nem do Caípe (DEM), que votou pela instalação da CPI, uma vez que houve empate de 4 vereadores contra e 4 a favor.

Notícias de bastidores informam que na próxima semana os vereadores que votaram a favor da CPI, inclusive o próprio presidente da Câmara,  já teriam uma audiência marcada  no Tribunal de Contas dos Municípios para que, tão logo  a CPI seja instada, documentos da prestação de contas tanto da Câmara quanto da prefeita, inclusive a “notas fiscais” da obra sejam requisitados.

É bom lembrar para aqueles que meteram a “mão na massa”, de que uma CPI tem o poder de “convocar e não  convidar” os possíveis envolvidos nas falcatruas. Quando convocados, não poderão deixar de comparecer para depor.

Resta agora ao presidente da Câmara ter a devida competência para contratar um bom advogado para assessorar a CPI para evitar que no final não se dê um atestado de bons antecedentes aos possíveis envolvidos no desvio de recursos públicos. É isso  que o povo  de S. Francisco do Conde espera e que o seu voto não tenha sido para “criar dificuldades e vender facilidades”. 

Alberval Figueiredo

Ex-Secretário de Comunicação do Governo da Bahia 

Print Friendly, PDF & Email

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.