Tânia Portugal escreve – Mais um Programa perde investimentos do Governo

Programa Aqui tem Farmácia Popular criado no governo de presidente Lula passa por uma diminuição significativa, são 6.317 unidades que deixaram de atender pelo programa com remédios para diabetes, hipertensão além de outros, no ano de 2016. Este programa beneficiou 38 milhões de pessoas em 10 anos de existência, agora ele esta encolhendo, isto é, deixando de atender milhares de pessoas no país inteiro, esta redução equivale a 20% de diminuição de farmácias credenciadas.

Nesse cenário preocupante, como devem agir os gestores municipais? Políticas compensatórias precisam ser implementadas para que a população não seja prejudica com as ações do ministério da saúde. Um grande percentual da população utiliza medicação para diabetes e hipertensão e precisa de políticas públicas de subsídios para que haja fornecimento gratuito ou de valores mais acessíveis a esta população.

A área de saúde é uma das mais delicadas na gestão municipal, porque é o cuidado com o bem estar físico e emocional das pessoas. Ao entrar num hospital, a(o) cidadã(o) está doente e precisa de atenção médica para que seu problema seja resolvido, o sistema de saúde precisa resolver este problema e o fornecimento de remédios é um elemento fundamental no tratamento da(o) paciente, portanto requer da gestão do sistema atenção e programas que busquem atender esta demanda.

Nas campanhas eleitorais, a saúde é colocada como ação prioritária das(os) candidatas(os), portanto deve deixar de ser um discurso para se transformar em ações efetivas que beneficiem o povo.

A equipe do Bahia Politica está de olho!!!

Tânia Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *