Tânia Portugal escreve – A condenação da esperança

Tânia Portugal escreve – A condenação da esperança

1
COMPARTILHAR
Print Friendly, PDF & Email

Desde 2016, assistimos a destruição do país por um grupo que se instalou no poder sem a legitimidade do voto popular. Destituíram a Presidenta Dilma eleita por mais de 54 milhões de brasileiras/os. A agenda proposta por esse governo é perversa, estão realizando reformas que penalizarão milhares de trabalhadoras e trabalhadores, retirando direitos trabalhistas e previdenciários que foram conquistados  ao longo de décadas. O cenário é muito preocupante e se torna mais complexo no momento que um juiz condena o presidente Lula sem prova.

Por que esta perseguição voraz contra Lula? Ele representa a figura de um politico que conseguiu colocar o Brasil numa posição de destaque no cenário mundial, conquistando o respeito de lideranças internacionais, ao tempo em que internamente, tratou com respeito o povo mais pobre desse país. Os diversos programas sociais dos seus 02 mandatos possibilitaram que a população tivesse acesso a políticas públicas na educação, saúde, assistência social, habitação e na geração de trabalho e renda.  Continuo questionando, por que esta tentativa de impedir que Lula continue contribuindo e influenciando o cenário político do Brasil?

O presidente Lula foi condenado como já se esperava, sem provas, a partir de acusações sem fundamento. Calar a voz de Lula é calar a voz de milhões de brasileiras(os) que se espelham nesse nordestino que conseguiu mostrar como se governa buscando o desenvolvimento econômico com justiça social. O legado dos governos Lula e Dilma comprovam que um pais para alcançar plenamente uma posição de destaque no cenário econômico tem que investir no seu bem mais precioso – o povo. E é por isso que a elite conservadora não aceita a liderança desde homem do povo.

Que venha 2018, com a esperança de que podemos reconstruir a nossa Democracia.

Forte abraço

Tânia Portugal

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA