Dono da empresa Torre é preso em Salvador na segunda fase da Operação Babel

O proprietário da Torre Empreendimentos, José Antônio Torres Neto, foi preso neste domingo (9) em Salvador. A ação faz parte da segunda fase da Operação Babel, desencadeada pela Polícia Civil na manhã deste domingo e investiga possíveis irregularidades nos contratos referentes à coleta de lixo em Aracaju, Sergipe. O empresário é cunhado do deputado federal Roberto Britto (PP), proprietário da TV Baiana.Torres estava no hotel Matiz no Stiep do qual é proprietário, na capital baiana, e foi imediatamente encaminhado para Aracaju. Ele passará por exame de corpo de delito. O advogado de defesa, Evânio Moura, não se pronunciou sobre o caso. Além de atuar na capital sergipana, a Torre Empreendimentos também é responsável por uma parcela da coleta de lixo da região do Subúrbio Ferroviário, em Salvador. Outros mandados estão sendo cumpridos, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). (Bahia Notícias)

 

Na tarde de hoje (10) a empresa enviou para o nosso portal uma nota.

NOTA PÚBLICA

Tendo em vista os recentes fatos públicos envolvendo a empresa Torre Empreendimentos e um dos seus proprietários, o empresário José Antônio Torres Neto, a direção da Torre Empreendimentos vem a público reforçar seu posicionamento sobre alguns fatos

1)      Apoiamos as instituições que estão cumprindo o seu papel realizando investigações e sempre nos colocamos à disposição das autoridades para colaborar no que for necessário. A Torre Empreendimentos é uma empresa idônea, que possui uma longa história de bons serviços prestados e respeito ao poder público, portanto, temos o maior interesse em que tudo seja investigado e esclarecido;

2)      Acreditamos que ao final das investigações todas as querelas envolvendo a empresa serão devidamente esclarecidas. A Torre Empreendimentos presta serviços ao poder público em todas as esferas há vários anos, em diversas prefeituras e aos estados de Sergipe e Bahia. Nossos contratos sempre estiveram dentro da legalidade. Prova disso é que nunca houve um questionamento em nenhum órgão fiscalizador. Todos os nossos contratos passaram pelo crivo de instituições como o Tribunal de Contas e, alguns, do Ministério Público, e nunca foram detectadas irregularidades;

3)      Para além de todas essas questões judiciais, a Torre Empreendimentos deixa claro que sempre trabalhou cumprindo com eficiência, transparência e de acordo sim as cláusulas contratuais,  todos os contratos com a Prefeitura de Aracaju. A execução correta dos serviços de limpeza, coleta, varrição e outros, foi sempre realizada de forma exemplar, sendo que nosso trabalho ajudou Aracaju a ser escolhida como a capital da qualidade de vida.

Durante o período em que prestamos o nosso serviço, a limpeza da cidade de Aracaju era considerada referência no Brasil, sendo amplamente reconhecida pelos moradores da cidade e pelos turistas. Neste momento permeado por questionamentos, não se pode esquecer que construímos um nome na capital sergipana, realizando um excelente e impecável trabalho;

4)      Sendo assim, nos colocamos mais uma vez à disposição da da Polícia deste estado e da Justiça para esclarecer o que for necessário. E assim que tudo for esclarecido, estamos preparados  para retomar os trabalhos que havíamos iniciado em Aracaju, após assinarmos com a EMSURB um contrato emergencial com prazo de 180 dias de acordo com os ser. 24 e 26 da Lei de Licitações, estando em vigor a partir de 06/03/2017, trazendo de volta a auto-estima do aracajuano em voltar a residir numa cidade limpa, bem cuidada e com qualidade de vida.

Aracaju, 10 de abril de 2017

Torre Empreendimentos

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *